Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘raridades’ Category

Livros

Mais um livro de tricot que me chegou às mãos, desta vez pelas mãos da minha Mãe. Este de 1953, de Fernando Baptista de Oliveira chama-se “Método de fazer Malhas, o Tricot em todas as modalidades” , uma edição de “O século”.

Com muitos pontos e moldes, ensina a fazer algumas peças que ainda hoje se podem usar nos nossos Bébés, como as botinhas, meias, babetes, etc.

 

E ainda vinha com um brinde...

Read Full Post »

Raridades

Descobri este livro num leilão, “Tricotar à mão e à máquina”, um livro de Fernanda Teigas de Oliveira, das Edições Fada do Lar. Bem amarelo do tempo que passou, mas em óptimo estado. São 292 páginas cheias de pontos.

A sua autora diz que “Neste livro ensina-se toda a tricotagem, ou seja, todas as maneiras de fazer as malhas com as duas agulhas.”

Chegou ontem pelo correio, agora tem que se “saborear” com calma…

4ª Edição

Read Full Post »

Roca e Fuso

Roca e Fuso

Mais dois objectos em vias de extinção, a Roca e o Fuso. Duas ferramentas indispensáveis para se fiar o linho ou lã, nas nossas Vilas e Aldeias, há muitos anos.

A Roca mais comum no nosso país, é feita de uma vara de madeira ou de uma cana, e tem numa das suas extremidades uma abertura, a que se chama torre. Lá dentro a meio é colocada uma peça de cortiça, para que a abertura fique mais larga nessa zona. Isto para que se possa lá introduzir uma mecha (a estriga) de linho ou lã.

O Fuso, com cabo de madeira e uma ponta aguçada em ferro, é utilizado num movimento circular para transformar a lã que vem da Roca em fio. Ao fio que fica no Fuso, dá-se o nome de maçaroca.

Assim, a Roca  apoia-se na cintura da fiandeira, por norma do lado esquerdo, e com a mão direita segura-se o Fuso, que com movimentos circulares vai torcendo e retorcendo a lã que vem da Roca.

Da maçaroca a lã passa para o novelo, ou seja, está na altura de o dobar.

A minha roca, foi feita ainda eu era adolescente por um Tio que ma ofereceu, o fuso foi oferta de outro Tio. Mas claro que nunca foram utilizados.

A roda de fiar, como a da minha amiga Rosário, só muito mais tarde apareceu. Mas que veio facilitar muito o trabalho das fiandeiras.

Roda de fiar da Rosário

 

Para quem tiver interesse em adquirir uma roca e um fuso, pode fazê-lo na Feitoria , um sítio que se preocupa em recuperar muitas destas peças antigas.

 

 

Read Full Post »

Ovos

 

Ovo de madeira

Na caixa de costura da minha Mãe encontrei mais um “tesouro”. Um ovo, sim um ovo de madeira, que servia para coser meias. Ainda me lembro de a ver, e à minha Avó usá-lo. Nunca usei tal auxiliar de costura, e já não me lembrava da sua existência.

O ovo encaixa perfeitamente no calcanhar da meia e assim facilita a vida a quem quer remendar uma meia. Mas talvez porque hoje em dia quando as meias se rompem vão logo para o lixo, o ovo tenha caído em desuso, e seja tarefa difícil encontrá-lo à venda.

Por coincidência, há umas semanas uma senhora perguntou pelos ovos de madeira na Retrosaria Gourmet, e explicou-me para que o queria.

Então, a senhora tem galinhas que se andam a portar mal, põem os ovos fora do ninho, e umas vezes partem-se, outras bicam neles e comem-nos. Assim, queria um ovo de madeira, para o pintar de branco e pôr no ninho para ver se elas iam lá pôr os outros (os verdadeiros), e se bicassem neste iam magoar-se e não voltavam a fazê-lo. Será que conseguiu “educar” as galinhas, isto se encontrou um ovo como este:

Read Full Post »

IMG_0129

Esta, está em Aldeia das Dez.

Read Full Post »